Detentos alcançam aprovação no vestibular prisional no Pará

Versão para impressãoEnviar por e-mailVersão em PDF
Internos do sistema penitenciário do estado receberam aulas preparatórias para realizar o Enem

Foram aprovados por meio da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para Pessoas Privadas de Liberdade (PLL), detentos custodiados pelo sistema prisional do estado, para este ano de 2019. Os internos beneficiados pelo Sisu 2018 foram três com aprovação para a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa-Marabá). Os detentos custodiados pela Susipe aprovados foram: Ubiratan Ramos de Carvalho, aprovado no curso de letras, Paulo Anderson Guimarães Lima, aprovado em engenharia de minas e Rodrigo de Oliveira Jadigisk, aprovado em ciências sociais. Os internos estão custodiados no Centro de Recuperação Mariano Antunes (CRAMA) e todos foram classificados na UNIFESSPA.

Os internos do sistema penitenciário do estado receberam aulas preparatórias para realizar o Enem e as notas do exame para PPL servem como critério de seleção para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que classifica alunos para universidades públicas de todo o país.
O Sisu possui duas etapas de inscrição - realizadas pela equipe de coordenação pedagógica da Susipe. Ao efetuar a inscrição, o candidato escolhe até duas opções de curso, entre as vagas ofertadas pelas instituições participantes do Sisu. O candidato também define se deseja concorrer às vagas de ampla concorrência, às vagas reservadas de acordo com a Lei nº 12.711/2012, de 29 de agosto de 2012 (Lei de Cotas) - alterada pela Lei nº 13.409, de 28 de dezembro de 2016 - ou às vagas destinadas às demais políticas afirmativas das instituições.

Dos aprovados, Ubiratan Ramos foi o primeiro lugar deste processo, classificado no curso de letras com a média 629, em segundo lugar Paulo Lima com 626 e o terceiro lugar, Rodrigo de Oliveira obtendo a média 583. No Sisu são considerados selecionados somente os candidatos classificados dentro do número de vagas ofertadas em cada curso, por modalidade de concorrência. Caso a nota do candidato possibilite sua classificação em suas duas opções de vaga, ele será selecionado exclusivamente em sua primeira opção. As matrículas dos detentos aprovados serão todas realizadas pela Gerência de Ensino Acadêmico da Susipe que fica no aguardo da decisão judicial dos apenados para frequentar ou não as aulas.

Por Tamiris Balieiro / Foto: Akira Onuma