Imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré visita sede da Susipe

Versão para impressãoEnviar por e-mailVersão em PDF
A celebração de uma missa no estacionamento do prédio-sede reuniu mais de 200 servidores da Susipe. O Coral Timbres, formado por detentas do Centro de Recuperação Feminino de Ananindeua, também participou das homenagens à Nossa Senhora de Nazaré.

A visita da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré à sede da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe), na manhã desta sexta-feira (05), foi marcada por muita emoção e demonstrações de fé dos servidores. A Imagem chegou por volta das 08h30 acompanhada pelo coordenador da Pastoral Carcerária, diácono Ademir Silva e do Bispo Auxiliar de Belém, Dom Irineu Roman. O diretor-geral Penitenciário, Coronel Mauro Matos, foi quem conduziu a Imagem em romaria por todos os departamentos da Susipe. A programação faz parte do calendário oficial de procissões do Círio 2018.

“Esse ato de amor e fé que une não só nós servidores da Susipe, mas toda a sociedade paraense, trazendo a benção com a visita de Nossa Senhora para cada departamento, para cada servidor, eu me sinto privilegiado de ter tido essa oportunidade, afirmou o diretor-geral Penitenciário, sobre a importância da visita da Imagem Peregrina e encontro com os servidores.

A celebração de uma missa no estacionamento do prédio-sede reuniu mais de 200 servidores da Susipe. O Coral Timbres, formado por detentas do Centro de Recuperação Feminino de Ananindeua, também participou das homenagens à Nossa Senhora de Nazaré cantando canções marianas.

Durante o sermão da missa, o Bispo Auxiliar de Belém destacou o trabalho desenvolvido pelos servidores da Susipe. “Eu tenho notado um modo fraterno de convivência dentro das nossas casas penais, tenho visto muitas coisas bonitas acontecerem, quero louvar as pessoas que trabalham nessa instituição, diretores, servidores, assistentes sociais, agentes prisionais, médicos, enfermeiros, professores, pedagogos e estagiários, todos que estão exercendo esse trabalho tão bonito e tão necessário nas nossas casas penais. Desejo que possam exercer ações cada vez mais dignas e humanitárias para melhorar sempre o sistema penal", destacou Dom Irineu também fez questão de lembrar do trabalho do Coral Timbres. “Vamos louvar a Deus por este coral de reeducandas, é um coral lindo, que eu gosto muito de ver", reiterou.

O superintendente da Susipe, Michel Durans, fez um depoimento direcionado aos detentos do sistema penal. “Quero dizer que a grande razão disso tudo são vocês. Todo esse corpo técnico, todos esses servidores que estão aqui são por vocês. Nós acreditamos em vocês, podem ter certeza disso! Num momento desse, tão especial, nós elevamos nosso coração à Deus. E acreditamos que a transformação vem pela fé e pelo amor", disse o superintendente.

“A sede da Susipe é o coração do sistema carcerário e onde começa todo o processo de ressocialização. Nós sabemos da realidade dura do sistema penal, da superlotação que é consequência do aumento da violência. Parabéns a todos pelo trabalho desde o superintendente, aos agentes prisionais e ao Coral Timbres, que são a voz de Deus”,  relatou o diácono Ademir durante sua fala na missa da Susipe.

Além da visita no prédio-sede, outras 15 casas penais da Região Metropolitana de Belém (RMB) também receberam a Imagem. Amanhã, a útima visita será no Centro de Recuperação Feminino de Marituba. A romaria nas unidades prisionais é uma iniciativa da Arquidiocese de Belém, em parceria com a Susipe, que ocorre desde 1997.

Por Assessoria de Comunicação Social

Em conformidade com a legislação eleitoral (Lei 9.504/ 1997, Lei 13.303/ 2016, Resoluções TSE - Eleições 2018), comunicamos que a Susipe suspendeu temporariamente as atualizações de reportagens e matérias institucionais neste site, e irá publicar apenas releases e notas. O atendimento a imprensa continua sendo feito normalmente pelos telefones (91) 3239-4230 e 98896-5319/ 98895-7702 e pelo e-mail: acssusipe@gmail.com