Jarbas Vasconcelos assume a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado

Versão para impressãoEnviar por e-mailVersão em PDF
Segundo o superintendente é importante conhecer o sistema e a partir disto traçar medidas imediatas para apresentá-las ao governador.

Jarbas Vasconcelos do Carmo é o 17º a assumir a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado Pará (Susipe) que será transformada em Secretaria de Estado pelo governador Helder Barbalho.

 

O advogado Jarbas Vasconcelos foi nomeado no dia 02 de janeiro de 2019, substituindo o antecessor da pasta, o também advogado Michell Mendes Durans.

 

Na quinta-feira (03) a nova chefia realizou a primeira reunião de trabalho com os diretores da Susipe para conhecer a estrutura e o funcionamento do sistema prisional. No mesmo dia,  recebeu ex-superintendentes como Michell Durans, Rosinaldo da Silva Conceição e Justiniano Alves Junior e o Diretor Geral Penitenciário (DGPEN) Mauro Matos da Susipe, para discutirem sobre a gestão e os gargalos do órgão.

 

Segundo o superintendente é importante conhecer o sistema e a partir disto traçar medidas imediatas para apresentá-las ao governador. O objetivo é minimizar as entraves do sistema penitenciário com propostas de ações práticas, objetivas e exequíveis a curto, médio e longo prazo, destaca Jarbas Vasconcelos.

 

O novo titular da Susipe é formado pela Universidade Federal do Pará (UFPA), com especialização em Direito Trabalhista, mestrado em Direito Constitucional pela Universidade da Amazônia (UNAMA) e doutorando em História do Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, em Portugal.  

 

Jarbas, com 51 anos é paraense da cidade de Monte Alegre, no oeste do Estado. Dedicou grande parte de sua carreira defendendo causas trabalhistas e na década de 90 liderou um movimento de profissionais do Direito dedicados às causas sociais. Foi ex-presidente da OAB Pará por dois mandatos (entre 2010 e 2015), nas eleições de 2018 foi candidato ao Senado Federal e atualmente é também conselheiro federal da OAB pelo Estado e presidente da Comissão Nacional de Defesa das Prerrogativas - CNDPVA.