Mais de 1.500 presos no Pará já foram inscritos para o Encceja 2018 | Superintendência do Sistema Penintenciário do Estado do Pará

Mais de 1.500 presos no Pará já foram inscritos para o Encceja 2018

Versão para impressãoEnviar por e-mailVersão em PDF
Se aprovado, o detento passa direto para o ensino médio. O apenado que obtiver aprovação no Encceja terá também, 1600 horas de remissão na pena. As provas do Encceja serão realizadas no período de 18 e 19 de setembro dentro das unidades penais.

Release

Mais de 1.500 internos que tem os ensino fundamental e médio incompletos e estão custodiados pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe) poderão participar do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) para as Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) 2018. As inscrições estão sendo realizadas em 44 unidades prisionais do Estado.

Para participar do Encceja, o interno precisa ter o ensino fundamental e médio incompletos. A avaliação, voluntária e gratuita, é aplicada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e tem por objetivo avaliar as habilidades e competências básicas de jovens e adultos que não tiveram oportunidade de concluir o ensino fundamental quando estavam em idade escolar.

Se aprovado, o detento ganha a certificação para a conclusão do ensino fundamenta Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCCEJA) ou do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). O apenado que obtiver aprovação no Encceja terá também 1.600 horas de remissão na pena, referente ao ensino fundamental, e 1.200 horas para o ensino médio ou educação profissional técnica (nível médio). As provas do Encceja serão realizadas no período de 18 e 19 de setembro dentro das unidades penais de todo o país. O resultado do exame será divulgado no final de setembro e os certificados serão emitidos pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Em 2017, 43 unidades prisionais participaram do Exame com 1.485 inscritos e 102 aprovados. Atualmente no Pará, 2.380 presos (13% da população carcerária) participam de alguma atividade educacional, destes 1.179 fazem parte da educação formal. As inscrições para o Encceja vão de 16 a 27 de julho de 2018.

Por Assessoria de Comunicação Social.