Obras do Centro de Recuperação Feminino em Santarém entram na fase final | Superintendência do Sistema Penintenciário do Estado do Pará

Obras do Centro de Recuperação Feminino em Santarém entram na fase final

Versão para impressãoEnviar por e-mailVersão em PDF
A obra da Susipe foi realizada em convênio com o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) com contrapartida do Estado, somando um investimento total de mais de R$ 5 milhões. O Governo do Pará destinou recursos de mais de R$ 2 milhões para a obra.

As obras do novo Centro de Recuperação Feminino (CRF) de Santarém, no oeste do Pará, estão em fase de conclusão. Cerca de 90% dos serviços já foram finalizados. A nova unidade está localizada no pólo penitenciário de Santarém, na vila de Cucurunã, e terá mais de 9 mil metros quadrados. Esta é a quarta unidade da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) exclusiva para a custódia de mulheres.

A nova unidade terá capacidade para 86 novas vagas e contará com 02 blocos carcerários, que terão 13 celas coletivas (capacidade seis vagas cada), 01 cela para Pessoa com Deficiência (PCD) com duas vagas, 04 celas individuais e 02 celas visita íntima, além disso haverá sala de amamentação, berçário, sala de vacinação, brinquedoteca, consultórios médicos, refeitório, salas de aula e para capacitação profissional.

“A obra já está na fase final de execução, faltando agora apenas a parte de acabamento, como pintura, ajustes da parte elétrica e hidráulica, além do aparelhamento da unidade prisional. A previsão é que a obra seja entregue ainda em março deste ano. Essa unidade está em uma região importante e foi construída com a necessidade de desafogar o Centro de Recuperação Agrícola Sílvio Hall de Moura (CRASHM) e também oferecer um tratamento mais humanizado às mulheres”, afirmou o coronel Mauro Matos, diretor-geral Penitenciário da Susipe.

A obra da Susipe foi realizada em convênio com o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) com contrapartida do Estado, somando um investimento total de mais de R$ 5 milhões. O Governo do Pará destinou recursos de mais de R$ 2 milhões para a obra.

“Esta obra foi inicialmente abandonada pela empresa contratada para o serviço ainda na gestão passada. Houve uma reprogramação junto à Caixa Econômica e após isso foi autorizado o processo licitatório para que fosse novamente iniciada. Em setembro de 2015, os serviços foram retomados”, explicou Márcia Gaspar, diretora de Logística e Infraestrutura da Susipe.

Para garantir a segurança, a unidade possui três salas de revista, quatro guaritas de vigilância, recepção com vidros blindados e ainda terá o sistema de monitoramento eletrônico por câmeras de circuito interno. A casa penal também adotou um modelo de monitoramento panorâmico, no qual os agentes prisionais irão acompanhar a movimentação das presas de um andar superior, o que garante mais segurança ao procedimento de abertura e fechamento de celas, sem o contato direto com as detentas.

Processo seletivo – Amanhã abrem as inscrições do Processo Seletivo Simplificado (PSS) para contratação de 37 agentes penitenciários que irão trabalhar nas unidades prisionais de Santarém, sendo que 24 delas são exclusivamente para o novo Centro de Recuperação Feminino. As inscrições encerram no dia 2 de abril.

O processo seletivo será feito pela Escola de Administração Penitenciário (EAP) da Susipe e terá 3 fases: inscrição, análise curricular e pesquisa social. Após a divulgação dessas fases, acontece o de treinamento dos novos profissionais. O processo contou com mudanças.  

Houve uma mudança no processo de seleção. Antes os candidatos realizavam durante o processo seletivo um treinamento básico. A pontuação era somada às demais etapas da seleção. Agora, o treinamento só ocorre apenas após a homologação da aprovação dos candidatos e continua sendo obrigatório. "A nota de classificação é feita apenas pela análise do currículo mas o candidato precisa ter uma nota mínima de 6 pontos para fazer esse treinamento. Se ele for aprovado e não fizer o treinamento, não será contratado”, explicou Kellen Favacho, membro da Comissão do Processo Seletivo Simplificado.

De acordo com a EAP, tanto a análise curricular e o curso de treinamento dos candidatos aprovados serão feitos na cidade de Santarém. O treinamento consistirá em aulas teóricas e práticas, somando uma carga horária de 50 horas. Nas aulas práticas haverá um Teste de Aptidão Física (TAF), em que o candidato será submetido a provas físicas. Os candidatos aprovados em todas as fases devem assumir até o final de abril de 2018.

A seleção para os servidores que irão compor o corpo técnico e administrativo do Centro de Recuperação Feminino de Santarém também abre esta semana. Serão contratados: 04 assistentes administrativos; 06 motoristas; 02 técnicos em enfermagem; 01 enfermeiro; 01 psicólogo; 01 médico, 01 dentista e 01 serviço social. Todo o processo será realizado pela internet.

Serviço: Quem quiser se inscrever no Processo Seletivo Simplificado para o cargo de agente penitenciário e administrativo do novo Centro de Recuperação Feminino de Santarém pode acessar o site: www.processoseletivo.susipe.pa.gov.br A inscrição é gratuita.

Por Giullianne Dias | Foto: Akira Onuma (Ascom/ Susipe).