Senar e Susipe capacitam detentos com curso de horticultura

Versão para impressãoEnviar por e-mailVersão em PDF
Para participar do curso os internos passaram por um processo de seleção realizado pela equipe multidisciplinar da unidade. O curso tem carga horária de 40h divididas entre as aulas teóricas e práticas, alternadas entre manhã e tarde.

Um grupo formado por dezenove internos do Presídio Estadual Metropolitano I (PEM I), localizado no Complexo Penitenciário de Marituba, participa de um curso de horticultura básica que abrange a exploração e cultivo de hortaliças e de algumas espécies de plantas. O curso é promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), em parceria com a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe), com o objetivo de preparar e qualificar os internos da unidade para o mercado de trabalho.

Para participar do curso os internos passaram por um processo de seleção realizado pela equipe multidisciplinar da unidade. O curso tem carga horária de 40h divididas entre as aulas teóricas e práticas, alternadas entre manhã e tarde e estão sendo ministrada por um instrutor do Senar.

Durante as aulas, os alunos aprendem a trabalhar com as hortaliças e plantas desde o preparo e manejo, até o seu plantio, desenvolvimento e colheita. Eles aprendem ainda sobre a agricultura convencional e agricultura orgânica, a qual, o agricultor cultiva as hortaliças sem o uso de agrotóxicos e adubos químicos.

Foram disponibilizados pela instituição parceira os materiais didáticos e a matéria-prima para as aulas práticas e montagem dos canteiros das hortas, como calcário, adubo, sementes, irrigador e plástico agrícola. Os internos plantarão coentro, melancia, pepino, cheiro verde, maxixe e cebolinha. O intuito é manter a horta dentro da unidade prisional e proporcionar uma atividade de trabalho para os internos que mais se destacarem nas aulas.

O curso iniciou na última segunda-feira (22/10) e termina hoje. Os presos que participam do curso ganharão certificados e ainda o benefício da remissão de um dia de pena a cada doze horas de estudo, um direito garantindo pela Lei de Execuções Penais do país.

Por Assessoria de Comunicação Social

Em conformidade com a legislação eleitoral (Lei 9.504/ 1997, Lei 13.303/ 2016, Resoluções TSE - Eleições 2018), comunicamos que a Susipe suspendeu temporariamente as atualizações de reportagens e matérias institucionais neste site, e irá publicar apenas releases e notas. O atendimento a imprensa continua sendo feito normalmente pelos telefones (91) 3239-4230 e 98896-5319/ 98895-7702 e pelo e-mail: acssusipe@gmail.com