Servidores da área de saúde da Susipe participam de capacitação

Versão para impressãoEnviar por e-mailVersão em PDF
O curso tem como objetivo, capacitar a equipe multiprofissional da Susipe, no uso de técnicas e instrumentais necessários ao atendimento da população carcerária e sistematizar práticas profissionais que possam melhorar os atendimentos de saúde prisional.

Release

Cerca de 70 servidores entre enfermeiros e técnicos de enfermagem de unidades prisionais da Região Metropolitana de Belém (RMB), participam do curso de capacitação em “Técnicas e Instrumentais para Equipe Multiprofissional do Sistema Penitenciário do Pará”, realizado pela Escola de Administração Penitenciária, da  Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe). O curso tem duração de 16 horas, iniciou na terça-feira (25) e finaliza na próxima sexta-feira (28).

O curso tem como objetivo, capacitar a equipe multiprofissional da Susipe, no uso de técnicas e instrumentais necessários ao atendimento da população carcerária e sistematizar práticas profissionais que possam melhorar os atendimentos de saúde prisional. Os servidores estão divididos em duas turmas, uma com 15 enfermeiros e outra com 52 técnicos em enfermagem que atuam nas unidades prisionais da Grande Belém. O primeiro dia do curso foi totalmente voltado para trabalhar questões focadas no atendimento de pessoas privadas de liberdade, analisando a aplicação do conceito de humanização, tratamento penitenciário como política de garantia de direitos humanos e políticas de reintegração social da Susipe.

Nos outros três dias de curso serão trabalhadas questões diretamente relacionadas ao atendimento técnico de saúde dos internos, como normas e rotinas do serviço de saúde, doenças mais comuns no sistema prisional e sistematização da prática do enfermeiro e do técnico em enfermagem na Susipe.

Para desenvolver um melhor atendimento aos encarcerados, a formação detalha qual o papel dos profissionais que formam a equipe multiprofissional de atendimento de saúde, esclarecendo quais os deveres e direitos de cada servidor. Em outubro, os psicólogos e assistentes sociais que também fazem parte da equipe multiprofissional de atendimento de saúde da Susipe, também participarão do curso que irá abordar temas respectivas as suas áreas de atuação.

Preenchimento de Prontuários - A EAP realiza também um curso de atualização para servidores do Complexo Penitenciário de Santa Izabel. Por conta da reestruturação das funções da Central de Procedimento de Custódia, os servidores penitenciários passam a assumir algumas funções de preenchimento de prontuários, desde a entrada do preso nos sistema penitenciário até sua saída. Os procedimentos incluem: cumprimento de alvará de soltura, cadastro no Infopen, análise do prontuário carcerário, circunstâncias da prisão, pesquisas prévias pedidas por juízes e garantir a avaliação do corpo de delito pelo Instituto Médico Legal, ou por um médico de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para garantir a integridade física do preso ao ingressar no sistema.

Por Assessoria de Comunicação Social

Em conformidade com a legislação eleitoral (Lei 9.504/ 1997, Lei 13.303/ 2016, Resoluções TSE - Eleições 2018), comunicamos que a Susipe suspendeu temporariamente as atualizações de reportagens e matérias institucionais neste site, e irá publicar apenas releases e notas. O atendimento a imprensa continua sendo feito normalmente pelos telefones (91) 3239-4230 e 98896-5319/ 98895-7702 e pelo e-mail: acssusipe@gmail.com