SIC.PA
                                                    Serviço de
                                                    Informação ao
                                                    Cidadão

                   

Contraste:

  • White/Black
  • Padrão

Current Style: Padrão

Zoom:

  • Increase
  • Decrease
  • Normal

Current Zoom: 100%

Susipe retoma obra de construção da cadeia pública de Tomé-Açu

Versão para impressãoEnviar por e-mailVersão em PDF
A cadeia abrirá 316 vagas para o regime fechado do sexo masculino.

Mais uma obra de construção foi retomada pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe). A cadeia pública de Tomé-Açu, no nordeste do Pará, abrirá 316 vagas para o regime fechado do sexo masculino e representa um investimento de R$ 4.921.452,72. Reiniciada no fim de setembro, a obra tem previsão de entrega para junho de 2018.

A nova unidade prisional contará com dois blocos carcerários, consultório médico e odontológico, posto de enfermagem, salas de atendimento psicológico, social e jurídico, celas de observação para os detentos doentes, uma cela para pessoas com deficiência e parlatório, além de alojamento para os servidores. O novo prédio terá ainda quatro salas de aula e dois solários, um para cada bloco.

Para o diretor geral penitenciário da Susipe, coronel Mauro Matos, os benefícios de uma nova unidade no município serão muitos, pois além de abranger detentos de cidades vizinhas, vai colaborar para a redução da superlotação em outras casas penais.

“Os benefícios com a conclusão dessa obra serão vários, principalmente pelo excedente populacional que temos hoje no sistema penitenciário tanto na cidade de Tomé-Açu, quanto nas unidades da Região Metropolitana de Belém (RMB) por conta dos presos do município de Acará e das áreas adjacentes, que hoje deveriam estar custodiados em Tomé-Açu e se encontram custodiados no polo de Americano ou Marituba”, diz.

Para reforçar ainda mais a segurança no local, o monitoramento feito pelos agentes penitenciários será feito em uma passarela no andar superior às celas. A área total construída corresponde a 1.782,42 metros quadrados. A Cactus Engenharia é a empresa responsável.

A coordenadora de Engenharia e Arquitetura da Susipe, Célia Monteiro, informa que a primeira etapa é a limpeza do terreno para o reinício das obras. “Estamos na fase de limpeza de toda a área para depois iniciar os serviços. O recomeço dos trabalhos se soma a um conjunto de obras já em andamento, como a construção de unidades penitenciárias em Paragominas e Abaetetuba e o complexo em Vitória do Xingu, por exemplo”, destaca.

“As expectativas são muitas. Poderão permanecer no prédio antigo os internos sentenciados no regime semiaberto, como foi sugerido anteriormente. Os detentos poderiam sair para trabalhar e retornar no fim do dia, pois o prédio está localizado no centro da cidade, diferente da nova unidade, que fica a uns 700 metros da estrada que leva à cidade”, diz a diretora do Centro de Recuperação de Tomé-Açu (CRRTA), Selma Nascimento.

Por Aline Saavedra | Foto:Alfredo Matos (Ascom/Susipe)
Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará

SUPERINTENDÊNCIA DO SISTEMA PENITENCIÁRIO DO ESTADO DO PARÁ
Rua dos Tamoios, 1592  -  Batista Campos  -  CEP 66033-172 - Belém/ PA
FONE: (91) 3239 4210